Eduardo Conde e Paulo Pinto, candidatos do Partido Socialista à Câmara Municipal de Ílhavo e à Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, respetivamente, assumem como prioridade à requalificação urbana da cidade da Gafanha da Nazaré, com enfoque na promoção de um estudo prévio, fortemente participado, e início de execução de intervenção na Avenida José Estêvão e zonas adjacentes para fortalecer as condições de mobilidade em segurança, vincar a vertente de centro comercial daquele espaço e consolidar uma identidade que seja aprazível para residentes e visitantes.
O compromisso dos candidatos socialistas foi veiculado na sessão pública de apresentação da candidatura de Paulo Pinto à Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, onde intervieram também Jacinta Ramos, nº2 do PS à Câmara, Pedro Tróia, candidato à Assembleia Municipal, e Eduardo Conde, candidato à presidência da Câmara.
Eduardo Conde, na sua intervenção, reiterou que a Gafanha da Nazaré, mercê da sua dinâmica de crescimento como cidade do trabalho, merece há muito uma definição estratégica: de mobilidade, desenhando ciclovias úteis e que promovam a bicicleta; de segurança, planificando a Avenida José Estêvão para uma circulação que potencie os seus fatores críticos de sucesso; de urbanismo, para que a malha urbana seja agradável e prática para viver.
Jacinta Ramos, natural da Gafanha da Nazaré, aproveitou a sua intervenção para manifestar as razões do seu envolvimento nesta candidatura, revelando ter-se integrado num projeto que dá voz às pessoas reais, dando-lhes a oportunidade de participarem, como comprova o facto de dois terços dos candidatos do PS serem cidadãos independentes. A candidata afirma que aceitou o convite de Eduardo Conde – a quem tratou por Chefe Eduardo por o conhecer desde os tempos em que este liderava o Agrupamento de Escuteiros da Gafanha da Nazaré – porque lhe é dada oportunidade de dedicar-se ao desenvolvimento de uma política cultural de rutura com a que tem sido praticada, que abra os espaços à população, que os próprios agentes da terra os possam utilizar, que reanime socialmente, economicamente e comunitariamente o concelho, onde as atividades culturais sejam elas de que tipo forem, possam ser o elemento articulador para a reanimação e apoio do comércio, assim como o elemento acelerador de como se está em comunidade.

A sessão foi ainda momento para apresentar a lista de candidatos à Junta de Freguesia, encabeçada por Paulo Pinto, e promover a assinatura de um compromisso autárquico de defesa dos interesses da população daquela freguesia, por parte de todos os membros da candidatura. Uma equipa que, segundo Paulo Pinto, é composta por pessoas humildes e de trabalho de proximidade aos cidadãos já demonstrado através da participação cívica ativa. O candidato apontou que a cidade da Gafanha da Nazaré e a praia da Barra merecem ter uma gestão mais alargada devido ao seu potencial de crescimento económico, e que as competências da Junta de freguesia da Gafanha da Nazaré não devem estar apenas focadas na gestão corrente, havendo muitas outras necessidades de fácil resolução que passarão a deixar de empancar em constrangimentos burocráticos sem qualquer benefício para os cidadãos, tendo na Junta de Freguesia um elemento ativo na busca de soluções.