A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, no dia 28 de setembro, apreendeu mais de meia tonelada de sardinha, no concelho de Matosinhos.

No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura, desembarque, comercialização e regime legal da primeira venda de pescado fresco, os militares da Guarda detetaram, no porto de pesca de Matosinhos, dois recipientes contendo cerca de 540 quilos de sardinha, resultando na sua apreensão uma vez que não foi possível determinar a sua origem e rastreabilidade, constituindo um perigo para a saúde pública.

Foi identificado um homem de 38 anos e elaborado o respetivo auto de contraordenação por falta de rastreabilidade.

A GNR salienta que a prática de uma pesca sustentável, que respeite a natureza e a integridade dos ecossistemas, contribui para a conservação das unidades populacionais de peixes e, ao mesmo tempo, para a criação de condições de prosperidade e emprego no setor das pescas.