O bloco operatório do Hospital Dr. Francisco Zagalo – Ovar (HFZ-Ovar) dispõe desde janeiro passado de um novo sistema de distribuição de imagem, permitindo uma maior operacionalidade neste serviço sensível.

Com interface simples e intuitiva, o “Videomed Truelink4” permite que os nossos cirurgiões acedam – em melhores condições – às imagens de apoio às intervenções que realizam.

Estamos convictos de que este equipamento vai melhorar o desempenho e assegurar a utilização eficiente dos recursos disponíveis, aumentando, desta forma, a produção e qualidade dos serviços prestados no bloco operatório”, diz o presidente do Conselho Diretivo da unidade hospitalar, Luís Miguel Ferreira, adiantando que esta medida surge no âmbito do projeto “Hospital do Futuro: A interoperabilidade digital”.

Quando a obra de reabilitação e ampliação do bloco operatório – antiga aspiração do HFZ-Ovar – ficar concluída, este sistema de distribuição de imagem transitará para as novas instalações.

Recorde-se que a empreitada – ainda em fase de concurso público – é um investimento de cerca de 3,3 milhões de euros (incluindo equipamento), que conta com apoio comunitário máximo de 2,5 milhões de euros, prevendo-se que até ao final do primeiro semestre de 2023 se comecem a operar os primeiros doentes. O Governo já viabilizou a comparticipação nacional para este projeto.

O projeto “Hospital do Futuro: A interoperabilidade digital”, que enquadra esta solução, é cofinanciado pelo SAMA2020: Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (POCI-05-5762-FSE-000265), visando reforçar a capacidade institucional e uma administração pública eficiente.