No próximo Conselho Nacional do PSD, que se realizará sábado, dia 6 de novembro em Aveiro, serão apresentados os pressupostos do novo candidato ao partido, como a terceira via ideológica, de mudança geracional e com novas ideias e conceitos, assentes numa real matriz social-democrata.

No âmbito da abertura do processo eleitoral interno, para Presidente da Comissão Política Nacional do PSD-Partido Social Democrata, marcado para 4 de dezembro, Nuno Miguel Henriques | www.nunomiguelhenriques.com |, iniciou já o processo de recolha das assinaturas necessárias para a formalização da sua candidatura à liderança do PSD, que acredita “vai trazer mais vitalidade, dinamismo, participação e entusiasmo democrático”.

Esta candidatura pode pressupor uma segunda volta nas eleições internas no PSD a 11 de dezembro de 2021.

Com cerca de três décadas de militância, sente que “tem legitimidade formal e política, já que não existe candidato único em 2021, no atual contexto de crise política e institucional que o país vive, para discutir de forma positiva e de igual modo como todos os outros candidatos, por quem tem respeito e admiração pessoal, o futuro do partido e por consequência de Portugal”.

Com o lema “PORTUGAL, MAIS E MELHOR” o candidato vai percorrer o país apresentando o seu programa para o partido e para todo o território português, que bem conhece.